Angola e RDC criam comissão para encontrar soluções de exploração recíproca de petróleo

0
47

Angola e a República Democrática do Congo (RDC) criaram uma comissão de peritos, para reunir em Luanda, “o mais cedo possível”, para analisar e propor soluções adequadas à exploração marítima e prospecção de petróleo.A decisão foi tomada durante um encontro, quarta-feira, em Kinshasa, capital da RDC, entre o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos de Angola, Diamantino de Azevedo, e dos Hidrocarbonetos da RDC, Aimé Lusa-Diese.
Segundo um comunicado do Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos de Angola, o encontro serviu para análise da problemática do uso recíproco das águas territoriais dos dois países, em questões de pesquisas sísmicas, exploração e produção de hidrocarbonetos na zona marítima de interesse comum de ambos os Estados.

As delegações, que saudaram a excelência das relações entre os dois países em matéria de gestão dos recursos comuns, em hidrocarbonetos, decidiram ainda criar um grupo de trabalho para examinar a questão da exploração e produção de hidrocarbonetos ao longo da zona marítima de interesse comum, para “dissipar mal-entendidos do passado”, relativamente a este assunto.
Outro assunto que mereceu igualmente análise foi o tráfico de derivados de petróleo na fronteira comum entre os dois países, tendo as partes chegado a conclusão da necessidade da criação de uma comissão interministerial alargada aos especialistas de ministérios afins, com a finalidade de propor um mecanismo de regulação.

As autoridades angolanas impedem quase que diariamente a saída ilegal de quantidades elevadas de combustíveis para a RDC, por via terrestre ou marítima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here