Entrada de estrangeiros aumenta no Cunene

0
93

O Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) na província do Cunene registou, de Janeiro a Maio deste ano, um aumento na entrada de estrangeiros no país.

Ao todo entraram no país 61.386 cidadãos contra  40.428 registados no ano passado. De acordo com relatório daquela instituição, apesar da crise financeira que o país enfrenta, existe um movimento intenso de estrangeiros que entram no país, devido a facilitação na obtenção de vistos, estabilidade política e as várias atracções turísticas existente no território nacional.
Dos estrangeiros que entraram no país destacam-se 16.524 turistas, sendo 248 com visto de trabalho, 93 residentes e 44.521 namibianos residentes ao longo do perímetro fronteiriço.
Dentre as nacionalidades, constam namibianos, sul-africanos, portugueses, britânicos, brasileiros, italianos, chineses, zimbabueanos, moçambicanos, canadianos, um alemão e tswaneses. Os estrangeiros tiveram como destino as províncias de Cunene, Huíla, Huambo, Benguela, Namibe, Lunda-Norte, Huambo, Cuando-Cubango, Zaire, Cuanza-Norte e Luanda.

Ilegais sem espaço
A Polícia abortou 61 tentativas de violação de fronteira nos últimos sete dias, no perímetro fronteiriço entre a província angolana do Zaire e a região do Congo Central, República Democrática do Congo. 
O Comando Provincial do Zaire da Polícia informou, em comunicado, que foram detidos 372 cidadãos da República Democrática do Congo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here