Guterres assinala no Mali o Dia dos Soldados da Paz

0
104

O Secretário-Geral das Nações Unidas está em Bamako, onde assinalou ontem o Dia Internacional dos Soldados da Paz, junto da missão da ONU no Mali, considerada a mais perigosa das actuais operações da organização.

Após uma breve recepção no aeroporto, Guterres seguiu para a base da Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização do Mali (Minusma) para participar numa cerimónia de homenagem aos “capacetes azuis” mortos em 2017.
Num vídeo divulgado por ocasião da data comemorativa, António Guterres ex-pressou a sua gratidão “a mais de um milhão de homens e de mulheres que serviram, sob a bandeira da ONU, e salvaram inúmeras vidas” ao longo de 70 anos de missões de paz.
“Honrámos os mais de 3,7 mil “capacetes azuis” que morreram em acção, pagando isso como o preço final. Também prestamos tributo às 14 missões que actualmente estão a operar durante 24 horas para proteger as pessoas e para avançar com a causa da paz”, declarou o Secretário-Geral das Nações Unidas.
“Ao reconhecermos o legado de serviço e de sacrifício em todo o mundo, também expresso o meu compromisso com a acção pela manutenção de paz, uma acção para tornar as nossas operações mais seguras e mais eficientes nos ambientes desafiadores que temos actualmente”, reforçou, salientando ainda o papel desempenhado por estas missões na promoção dos direitos humanos e na luta contra a exploração e abusos sexuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here