Beber três taças de champanhe por dia pode prevenir demência e Alzheimer, dizem investigadores

0
130

Segundo estudos realizados por investigadores da Universidade de Reading, no Reino Unido, o consumo diário de champanhe pode ajudar a prevenir o aparecimento de demência e de Alzheimer. 

Uma substância encontrada na bebida consumida em todos os países, “pinot noir e pinot meunier”, mais concretamente as uvas pretas que a compõem, repele o desenvolvimento de doenças cerebrais e contribui para o aumento da chamada memória espacial.

De acordo, com a publicação britânica Mail On Sunday, um dos académicos envolvidos no projecto de investigação, Jeremy Spence, disse que após uma experiência feita em ratos, os resultados foram extremamente dramáticos. Mas que a pesquisa devera ser emocionante por ilustrar pela primeira vez que o consumo moderado de champanhe tem o potencial para influenciar as funções cognitivas, sobretudo a memória.

Já o representante da instituição Alzheimer’s Society, descreveu os resultados interessantes, mas disse que são necessárias pesquisas adicionais, uma vez que os investigadores pretendem realizar os testes em pensionistas.

Champanhe ou champanha é um vinho branco espumante, produzido na região de Champagne, nordeste da França, através da fermentação da uva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here