Cláudio Fênix conta a sua emocionante história de vida:-“Quando engravidei pensei que tudo acabou”

0
118

Cláudio Fênix, contou recentemente em entrevista exclusiva ao AngoRussia, a sua emocionante história de vida, marcada por momentos altos e baixos, e relembrou a época em que sentiu-se praticamente obrigado a ausentar-se de casa temporariamente em função da pressão que recebia dos familiares após ter engravidado a mãe da sua primeira filha.

O artista sempre teve que escolher entre sorrir ou chorar, principalmente na época em que deu a conhecer a família que seria pai, segundo referiu. Por conta, disso foi obrigado a ingressar para as forças armadas e sair da casa dos pais, a sofrer também pressão para largar a música e procurar viver de outra forma que o ajudasse a auto-sustentar-se.

Cláudio Fenix, contou ainda sobre a perda de seu tio, que muito o incentivou a apaixonar-se intensamente pela música, e também das vezes em que era barrado no eventos, nos órgãos de comunicação social, entre outros, mas ressalvou que todas essas decepções o ajudaram a construir a personalidade que exibe hoje.

“Consegui uma vaga para ingressar para forças armadas, porque meu pai é militar, mas fiquei muito triste porque não era isso que eu queria, era como desistir dos meus sonhos porque as responsabilidades eram maiores… Se eu não fosse músico eu seria doutor, eu tive um tio (Monteiro), que gostava muito de música e quando eu era mais pequeno por influência dele me apaixonei ainda  mais pela pela música. Várias vezes fui barrado nos show´s, rádios, televisão e tudo mais, mas tudo isso me motivou a trabalhar a dobrar, as dificuldades me tornaram forte, hoje eu sou quem sou em função daquilo que já suportei, agora tenho meu próprio espaço, o tempo ficou mais limitado mas há sempre um espaço para a família, mas o foco  neste momento é o trabalho, eu saí por um tempo da casa da minha mãe, porque eu não estava bem, a família me metia uma pressão psicológica tal que me sentia oprimido e obrigado, eu precisava de calma, hoje a minha mãe se orgulha disso, diz foste forte não desististe do teu sonho, mesmo te dizer-me que não, eu acreditei e e hoje está tudo a dar certo, então posso ir mais longe, ela aconselha-me a não deixar que arrogância toma conta de mim, a tratar todos com respeito”, contou o cantor.

No final da conversa, o autor do hit “Volta Só Já”, revelou que tem 70% do seu álbum feito, embora não tenha uma data prevista para o lançamento, e garantiu que sua obra discográfica de estreia contará com participação de Cage One, Lil Saint e outros artistas que preferiu ainda não divulgar o nome.

“Sobre o título do álbum ainda estou indeciso, mas provavelmente poderá ser “Recuso-me”, é uma das opções, porque na verdade eu recuso-me em ficar só aqui e não avançar mais, sempre fui um sonhador, recuso-me a ser aquele jovem que desiste dos seus sonhos devido os obstáculos, recuso-me ser o jovem que baixa a cabeça quando passa por dificuldade” adiantou cantor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here